quinta-feira, 21 de maio de 2009

DEPUTADO FEDERAL FRANCISCO ROSSI CRITICA PARTICIPAÇÃO DE MINISTRO NA MARCHA DA MACONHA

Foto:Eduardo Metroviche

"Como ministro, ele não poderia defender o uso da maconha", afirmou Rossi

Rossi critica participação de ministro na Marcha da Maconha

Em discurso na Câmara na quarta-feira, 13, o deputado federal, Francisco Rossi (PMDB-SP) criticou o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, por ter apoiado e participado da Marcha da Maconha, no sábado, 9, no Rio de Janeiro.

“Como ministro, ele não poderia defender o uso da maconha, porque ela é a porta de entrada para drogas mais pesadas e legalizá-la não resolve o problema”, afirmou o deputado osasquense.

Na Marcha, Minc afirmou que “usuário de maconha não pode ser tratado como criminoso e que a proibição só gera mais violência, pois os traficantes aterrorizam comunidades”. Para o ministro, “a lei atual despenalizou, mas não descriminalizou”, disse. “Ainda é crime fumar maconha e acho que nós deveríamos avançar.”

Rossi diz que o usuário deve ser tratado como “vítima”, mas não concorda que a maconha deve ser legalizada. “O usuário é vítima, mas não podemos criar mecanismos que estimule o consumo”, defende.

O deputado de Osasco afirmou ainda que é importante saber se a posição do ministro representa a posição do governo sobre o assunto.

Fonte: http://www2.visaooeste.com.br/politica/rossi_critica_participacao_de_ministro_na_marcha_da_maconha.html

Um comentário:

  1. Não conheço esse cidadaõ , mas qualquer que fizer opologia à maconha ou comercializa la não quero nem conhcer pelo contrario quero que fique longe de mim e de meus filhos.A Biblia diz: A boca fala doque o coração esta cheio.

    ResponderExcluir